Tá Na Boca do Conto

O grupo Tá na Boca do Conto dedica-se desde 2006 à pesquisa e criação de contações de histórias cênico-musicais. Contar, cantar e encantar o público de forma lúdica, com as linguagens do teatro, da música, criando uma narrativa dinâmica que incentive a participação do público e a imaginação, além de lançar pontes entre a tradição oral e sua ligação com o universo literário

Site: http://grupotanabocadoconto.blogspot.com.br/p/grupo.html

E-mail: tanabocadoconto@gmail.com

Telefone Público: (11) 98096-6215

Descrição

Grupo
O grupo Tá na Boca do Conto dedica-se desde 2006 à pesquisa e criação de contações de histórias cênico-musicais. Buscamos contar, cantar e encantar o público de forma lúdica, sempre intercalando as linguagens do teatro, da música, de maneira a criar uma narrativa dinâmica que possibilite a participação do público numa viagem pela imaginação de cada um, além de exercer uma ponte entre a tradição oral e sua ligação com o universo literário, incentivando a leitura e a busca inesgotável pelo conhecimento.


Histórico Tá na Boca do Conto

2016 "Sinto Isso Tudo e Muito Mais!" - repertório de histórias que tem como proposta trabalhar com os sentimentos das crianças, ajudando-as a compreender melhor seu universo interior. Contemplado pelo PROAC Bibliotecas 2016.

2014 “O que será que é” – espetáculo cênico musical nos CEUs.
Estreia da contação “A Primavera da Lagarta” nas Bibliotecas Municipais
Criação de Adriana Coppi e Erika Coracini

2013 Contação de “Por que no céu tem tanta estrela?”, “Karingana” e “Enluarar” nos CEUs da Prefeitura Municipal de São Paulo
Estreia de “O que será que é” – espetáculo cênico musical nos CEUs.
Criação de Adriana Coppi e Erika Coracini

2012 Seleção de contações – “Por que no céu tem tanta estrela?”, “Conversa de Pescador”, “Olha, a Bicharada” e “Karingana” apresentadas no projeto Cultura no Hospital, as apresentações foram feitas em São Paulo, Rio de Janeiro e Barretos.
Temporada com seleção de contações – “Por que no céu tem tanta estrela?”, “Conversa de Pescador”, “Olha, a Bicharada” e “Karingana” no CCSP no mês de julho.
Enluarar – Contação de histórias
Criação, direção e composições Erika Coracini /Grupo Tá na Boca do Conto
Estreia na Bienal do Livro, apresentou-se nos CEUS pelo Proart, programa da Secretaria de Educação da Prefeitura de São Paulo.

2012 Por que no céu tem tanta estrela? Contação de histórias indígenas
Criação, direção e composições Erika Coracini /Grupo Tá na Boca do Conto (2009-2012) - Sesc Bertioga, Sesc Consolação, Bibliotecas Municipais, no V Festival da Arte de Contar Histórias, Bienal do Livro, Recreio nas Férias e CEUS pelo Proart.

2011 Karingana - Contação de histórias afro-brasileiras
Criação, direção e composições – Erika Coracini / Grupo Tá na Boca do Conto (2009-2011) – Sesc Bertioga, Sesc Consolação, Bibliotecas Municipais, Recreio nas Férias e CEUS pelo Proart.

2008 Pequenas Áfricas Brasis - Espetáculo infantil com contos e cantos afro-braisleiros / Grupo Eboka (2007-2008)
Bibliotecas Municipais, CEUs, temporada no Teatro Décio de Almeida Prado pelo edital dos Teatros Distritais, sala temática do Evento Boca do Céu no Sesc Pompéia, Sesc Pinheiros, Fentepp, Casa de Dona Yayá no Centro de Preservação Cultural CPC-USP, na Ong Pés no Chão em Ilhabela e no Espaço Cultural Veja SP também em Ilhabela.

Oficinas

2014 Oficina “Brincar e Contar é só começar” nas Bibliotecas Municipais.
2010 Oficina Brincar e Contar, 1, 2, 3 e já! Com Rebeca Braia pelo grupo Tá na Boca do Conto no Centro Cultural Vergueiro e no Sesc Consolação

Vídeos

Galeria

evento entre e Baixar Planilha

Publicado por

ERIKA CORACINI

Atriz, diretora, contadora de histórias e pesquisadora.
Formou-se em Artes Cênicas pela Universidade de São Paulo.
Mestre pela ECA/USP com a dissertação “Jongo e Teatro: princípios
performáticos da festa”. Criou o grupo Tana Boca do Conto em 2006. Foi integrante do grupo Forte Casa Teatro e integra a Penélope Cia de Teatro desde sua fundação em 2010.

Nome:

E-mail:

Tipo:

Mensagem:

Enviando mensagem

Enviando mensagem